barra_grafismo-01.png

Sustentabilidade

Sustentabilidade

Produzir de acordo com as boas práticas agrícolas que promovam a sustentabilidade na agricultura são essenciais para não
comprometer a capacidade das gerações futuras: manutenção de reserva legal de vegetação nativa, proteção de mananciais e
margens de corpos hídricos, e boas condições de trabalho nas fazendas são práticas que nós acreditamos como de nossa responsabilidade.

Nossos números:

icosustenta01-01.png

Reserva legal:

17.100.000 m²

icosustenta02-01.png

Área de preservação
permanente:

5.730.000 m²

icosustenta03-01.png

Área de preservação
ambiental:

22.830.000 m²

Certificações

A Certificação Agrícola é uma das estratégias de maior força e eficiência utilizadas atualmente. Trata-se de um conjunto de normas e regras sociais, ambientais e econômicas, que englobam exigências do mercado consumidor auxiliando a criar produtos específicos em termos de aceitação e preços, diferenciando produtos e produtores.

Pensando nesses princípios, José Carlos Grossi aderiu, em 2005 à Certificação Agrícola. Na sua visão, práticas conservacionistas são essenciais para a prática de uma boa agricultura a longo prazo, como manutenção da reserva legal de vegetação nativa, boas condições de trabalho nas fazendas e a proteção de mananciais e margens de corpos hídricos. 

O objetivo do Programa de Certificação Agrícola nas fazendas de José Carlos Grossi, é a busca do equilíbrio entre a atividade agrícola e conservação socioambiental, garantindo o cumprimento de aspectos sociais, ambientais e econômicos nas propriedades, promovendo a sustentabilidade. A certificação auxilia na prática de uma agricultura responsável, e estimula a adequação dos sistemas de produção com a proteção da biodiversidade, proporcionando desenvolvimento socioeconômico não somente nas fazendas, mas também nas comunidades locais onde elas estão inseridas.

Rainforest-Logo.png

Rainforest Alliance

A Rede de Agricultura Sustentável é uma organização conservacionista internacional sem fins lucrativos, que certifica propriedades de café, assegurando que elas obedeçam à rigorosos padrões de conservação ambiental e de direitos ao bem estar de trabalhadores e comunidades locais.

BSCA-01.png

BSCA

A Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA, sigla em inglês) certifica lotes para
o controle de qualidade de cafés especiais.

abrinQ-01.png

ABRINQ

Fundação ABRINQ pelo Direitos das Crianças e Adolescentes, com selo Empresa Amiga
da Criança, que tem intuito de erradicar o trabalho infantil no Brasil.

RCM-01.png

Região do Cerrado Mineiro

Uma região de atitude, para o novo mundo do café. Somos a Região do Cerrado Mineiro.
Uma origem produtora de cafés diferenciados, a primeira do Brasil com Denominação de
Origem (D.O) para o café, composta por 55 municípios localizados no noroeste do Estado de Minas Gerais.